Notícias

Fique por dentro dos assuntos relevantes da Rádio Xingó FM e do Brasil.

Ex-prefeito de Canindé e o filho se entregam na Polícia Federal em Aracaju

27.09.2018

Ex-prefeito de Canindé e o filho se entregam na Polícia Federal em Aracaju

Na manhã desta quinta-feira (27), a Polícia Federal em Sergipe cumpriu três mandados de prisão expedidos pelo ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Luiz Roberto Barroso. Entre eles, o do ex-prefeito de Canindé de São Francisco, Genivaldo Galindo da Silva, que se apresentou na sede da Superintendência em Aracaju (SE), condenado por roubo das urnas eleitorais em 1997.

Junto com o ex-prefeito, também se entregaram Genilson Galindo Chaves, filho de Galindo, e Carlos Roberto Damasceno. Eles estavam acompanhados pelos advogados de defesa.

A PF informou que eles foram encaminhado aos Instituto Médico Legal de Sergipe, no Bairro São José, para serem submetidos ao exame de corpo de delito e depois seguem para o Complexo Penitenciário Advogado Antônio Jacinto Filho (Compajaf), no Bairro Santa Maria, também na capital.

No presídio, o trio inicia o cumprimento da sentença condenatório do 28º Juízo Eleitoral em Canindé de São Francisco no dia 10 de agosto de 2007.

Os advogados de defesa não foram localizados para falar sobre o assunto.

Entenda o caso

O ex-prefeito é acusado de roubo nas urnas de cédulas, na época contagem dos votos era manual, nas eleições municipais do ano de 1996. Em março de 1997, as cédulas que seriam recontadas, mas foram roubadas do fórum.

As cédulas que seriam recontadas, foram roubadas do Fórum Dom Juvêncio de Brito, na madrugada do dia 10 de março, de 1997, por um grupo de pessoas que usavam uniformes militares e as informações são de que os votos foram incinerado e as urnas destruídas.

Fonte: G1 SE