Notícias

Fique por dentro dos assuntos relevantes da Rádio Xingó FM e do Brasil.

Preço do botijão de gás de cozinha praticado em Sergipe tem alta em junho

31.07.2018

Preço do botijão de gás de cozinha praticado em Sergipe tem alta em junho

O preço cobrado pelo gás de cozinha em Sergipe vem apresentando alta nos últimos meses, o que impacta negativamente no bolso do consumidor. No primeiro semestre do ano, o valor do gás ficou entre o  mínimo de 75 reais, chegando até cerca de R$ 78, o máximo.

O levantamento é da Agência Nacional de Petróleo (ANP) que apontou o valor médio praticado no estado na quantia de R$ 77,49. Desde janeiro, o preço sofreu uma leve queda em relação aos meses seguintes, porém em junho voltou a crescer.

Os preços referem-se às vendas de GLP por botijão de 13 kg. Em maio, o preço final ao consumidor foi de R$ 75,11, até agora o valor menor praticado pelas distribuidoras nestes seis meses. O mais alto foi em janeiro, com R$ 78,05.

A partir de abril, passou a vigorar a nova sistemática de cobrança de ICMS de GLP em 11 estados: Amazonas, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro e em Sergipe, que consideram que parte do produto é produzida a partir do gás natural.

Ainda de acordo com o levantamento da ANP, Sergipe tem o botijão de gás de cozinha mais caro do Nordeste. O estado lidera o ranking da região com o maior preço final ao consumidor. O Ceará é o segundo a cobrar o maior valor, com uma média de R$ 72,28 no mês passado; em seguida, Piauí, com a cobrança de R$ 70,88.

No Nordeste e no país, o estado com o menor preço do gás de cozinha é a Bahia, com R$ 61,45. O botijão mais caro do país está no Mato Grasso com R$ 96,30, seguido de Tocantins (R$ 85,23) e Roraima (R$ 80). De acordo com o estudo, em todos os estados do país, a média nacional ficou em R$ 68,77.

Confira a tabela completa da ANP

Fonte: F5 News